Falecem os parapsicólogos Padre Quevedo e Geraldo Sarti

Pe. Oscar González-Quevedo, falecido em 2019, notabilizou-se na imprensa pelas suas polêmicas contra os falsos médiuns e charlatões, procurando mostrar os truques e enganações praticados, e na sua cruzada contra o espiritismo. Foi polêmico também ao abordar parapsicologia e milagres do ponto de vista católico. Foi autor de diversos livros, entre eles destacam-se: A Face Oculta da Mente, As Forças Físicas da Mente – tomos I e II, e Antes Que os Demônios Voltem. Foi um dos fundadores do Centro Latino-Americano de Parapsicologia – CLAP.

Geraldo dos Santos Sarti , falecido em 2018,  elaborou destacado trabalho relacionando Física e Parapsicologia. O acoplamento mente-cérebro seria de natureza psicoenergética.  Propôs a existência de um link acoplando o pensamento a um  sistema nervoso ou a um objeto físico. Associados a esse link existiriam as funções seletivas phi e rho que eliminariam para a consciência, as informações sensoriais e semânticas desnecessárias, respectivamente. O paranormal ocorreria nas alterações de regularidade e pseudo-harmonia dessas funções. Destacam-se entre suas publicações os livros: Parapsicologia e Psicobiofísica, Psicons do Real ao  Imaginário, e Tópicos Avançados em Parapsicologia. Foi presidente da Associação Brasileira de Parapsicologia – ABRAP.

Ambos tiveram boas relações com o IPPP. Geraldo Sarti participou de vários eventos realizados pelo IPPP:  Simpósios Pernambucanos de Parapsicologia (1989 e 1995), Congressos NacionaL (1986) e InternacionaL de Parapsicologia (1997) e Encontro Psi (2009). Pe. Quevedo participou do VIi Simpósio Pernambucano de Parapsicologia, em 1989. Ambos fizeram parte da Banca Examinadora das defesas de teses do I Curso (livre) de Pós-graduação em Parapsicologia do IPPP em 1989, conforme ilustram as fotos a seguir.

Banca Examinadora e parapsicólogos após defesa das monografias de conclusão do curso livre de pós-graduação em parapsicologia pelo IPPP. Da esquerda para direita: Ivo Caruso, Geraldo Sarti, Ronaldo Dantas, Pe. Quevedo, Luiz Carlos Diniz, Valter da Rosa Borges, Jalmir Brelaz de Castro. Local Auditório do Bloco G, da Universidade Católica de Pernambuco, em 01.10.1989
Banca Examinadora durante as Defesas de Teses do I Curso (livre) de Pós-graduação em Parapsicologia do IPPP. Da esquerda para direita: Ronaldo Dantas, Geraldo Sarti, Valter da Rosa Borges, Pe. Oscar Quevedo, Ivo Caruso. Local Auditório do Bloco G, da Universidade Católica de Pernambuco, em 01.10.1989

VII Simpósio Pernambucano de Parapsicologia – Valter Rosa Borges acompanhando a apresentação do  Pe. Oscar Quevedo sobre o tema:  Revitalização é Milagre? Local Auditório do Bloco G, da Universidade Católica de Pernambuco, em 30.09.1989
Defesa de tese do I Curso (livre) de Pós-graduação em Parapsicologia do IPPP, aluno e Banca Examinadora, com Geraldo Sarti e Pe. Oscar Quevedo (sentados da esquerda para direira, 2º e 4ª posição). Local Auditório do Bloco G, da Universidade Católica de Pernambuco,,em 01.10.1989

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =